segunda-feira, 2 de junho de 2014

Peixe solitário

Depois de consultar o windguru verifiquei que estavam reunidas condições para mais uma jornada de pesca.
Levantei-me mais tarde, comecei a pescar ao nascer do dia.
De início, optei por um vinil da Savage de 30g para explorar uma camada de água mais rente ao fundo.
Primeiros lançamentos, o peixe não dá qualquer sinal.
Entretanto começa a ficar de dia, as águas estavam abertas e o peixe continuava a não colaborar.
Passo ao plano B - Shore Line Burning Sardine para dentro de água, e logo no primeiro lançamento nos últimos metros da recolha sinto uma valente porrada á qual eu correspondo com a respetiva ferragem.
Como estava perto da água verifiquei que o peixe não estava bem preso.
Não podia perder muito tempo.
A escôa não era muita, mas em nada me facilitou.
Trabalho o peixe, passados três minutos estava em seco.
Entretanto o sol começa a bater na água efetuei mais uma dúzia de lançamentos e dou por terminada a pesca com um peixe que acusou na balança 2.950kg .

Material utilizado.Cana - Shimano speed master 3.30mt 50/100
Carreto - Shimano twin pwer 4000fb
Fio - Power pro 0.20 chicote trabuco 0.40
Amostra - Shore line burning sardine

4 comentários:

Hélio Silva disse...

Realmente safaste-te bem num pesqueiro que não é para qualquer um... é um belo peixe, e o fotografo dessa foto também parece ser artista...ehehehe

crisostomo disse...

Tudo indicava que ia ser mais uma grade, mas lá consegui dar a volta a situação.
Além de ser um excelente fotografo também é pescador!...
Ab.

Pedro Franco disse...

Boas mestre robaleiro,
mesmo quando se adivinhava mais uma grade, eis que tiraste um robalo da cartola, mais um bom exemplar tirado do mar da Ericeira, parabéns companheiro, espero que esta semana voltes a repetir pois o mar vai deixar mandar umas amostras.
Um abraço e bons lances.

crisostomo disse...

Boas Pedro.
Mais uma vez consegui livrar a grade.O peixe é pouco, temos que acreditar!...
Hoje a pesca foi outra, virei-me para o pião e o resultado foi bom.
A pescar contra o vento e com bastante limo consegui enganar onze sargos.
Abraço.